Karl Germer

★ 22/01/1885 — † 25/10/1962

Voltar para a lista de biografias

Uma foto de Karl Germer

Karl Johannes Germer, conhecido como Frater Saturnus, foi o sucessor de Aleister Crowley como Chefe da A∴A∴ e da O.T.O. de 1947 até sua morte em 1962.

Germer trabalhou como um oficial de inteligência militar na Primeira Guerra Mundial e recebeu a condecoração da Cruz de Ferro de 1ª e 2ª classe por sua bravura e serviço. Germer encontrou Crowley pela primeira vez em julho de 1925, enquanto trabalhava como secretário de Tranker.

Em 1926 ele se mudou para os Estados Unidos com sua esposa, e por volta de 1927 começou o Thelema-Verlags-Gesellschaft e a publicar traduções das obras de Crowley para o alemão.

Em 1935, o visto americano de Germer expirou e isso o forçou a voltar à Alemanha. Lá ele foi preso pela Gestapo em 13 de fevereiro de 1935, por estar associado ao “Maçom de Alto Grau Aleister Crowley”. Ele foi primeiramente mantido no campo de concentração de Columbia (Columbia-Haus) em Berlim e então foi transferido para o campo de concentração de Esterwegen.

Enquanto estava encarcerado e em confinamento solitário, Germer se dedicou a lembrar dos Livros Sagrados de Thelema reconstruindo-os verso por verso em sua mente, assim alcançando o Conhecimento e Conversação de seu Santo Anjo Guardião.

Após sua soltura, Germer voltou aos Estados Unidos como representante de Crowley na América. Em 1938, Crowley reconheceu a consecução de Germer do Grau de um Magister Templi (8=3), e em 18 de julho de 1941 o designou oficialmente como seu sucessor.